_ _ _ _

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

0 Condomínio Industrial: Prefeitura também vai entrar com contrapartida, diz Duque

+A +/- -A
A Prefeitura Municipal de Serra Talhada (PMST) também deve entrar com contrapartida na execução das obras do Condomínio Industrial de Serra Talhada. Esse foi um dos acertos firmados durante reunião entre o prefeito Luciano Duque (PT) e representantes da AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), na quinta-feira (10) da semana passada. Em junho de 2011, por meio do Decreto 38.262, o governador do estado havia delegado apenas a AD Diper arcar com o custeio do empreendimento.

“Agradecemos a Eduardo Campos por abrir a oportunidade para o nosso governo para que a gente também viabilize o quanto antes esse condomínio industrial”, comentou o prefeito Luciano Duque, em conversa com o Farol de Notícias. Ele explicou que uma outra mudança acertada na reunião foi a transferência da terminação Distrito Industrial para “condomínio”. “Por que o espaço não será reservado, necessariamente, a indústrias, mas também vai acolher centrais de distribuição de mercadorias. Será, na verdade, um condomínio de negócios com formato modelado de acordo com demanda e dividido em lotes”, detalhou Duque.

Dizendo-se satisfeito pelo convite, o petista sacou da memória o nome do deputado Inocêncio Oliveira (PR), admitindo que a ideia de um distrito industrial carregaria o “DNA” do republicano. “Nesse empreendimento, cada um vai fazer a sua parte. E como Inocêncio é praticamente o ‘pai’ dessa ideia, tenho certeza que também irá nos ajudar a viabilizar essa obra. O mais importante é que o governador abriu as portas para a prefeitura subsidiar com elementos esse modelo de gestão que vai culminar na construção de um condomínio de negócios”, disse Duque. (Farol de Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...