_ _ _ _

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

0 Denúncia: Consócio cobra até 250% a mais para produção de placas de automóveis em PE

+A +/- -A


O advogado André Henrique Gomes da Fonseca denuncia em e-mail enviado a redação do blog, que há uma cobrança absurda na produção de placas para automóveis em Pernambuco. O ágil no preço chega à casa dos 250%. Leia abaixo nota enviada pelo advogado: 

Na condição de advogado de alguns Lojistas devidamente credenciados pelo DETRAN-PE, a mais de 06 (seis) anos, venho tornar público, por ser de interesse social, e requerer providencias como segue:

DETRAN-PE, forma parceria com consorcio, taxas cobradas tem gordura de 250% (duzentos e cinquenta por cento), acima dos valores repassados aos Lojistas!

Um par de placas para carro custa aos cidadãos Pernambucanos R$ 139,00 (cento e trinta e nove reais), os lojistas só recebem R$ 40,00 (quarenta reais), ou seja, pagamos 250% (duzentos e cinquenta por cento) a mais do que deveríamos. Existe uma gordura de R$ 99,00 (noventa e nove reais), por par de placa...

 O SUPOSTO CONSORCIO LUCRA (EMBOLSA) CERCA DE R$ 1.500.000,00 (HUM MILHÃO E QUINHENTOS MIL REAIS), POR MÊS!!!!!!!!

 Nós pagamos a conta... Basta! Se desconhece quem dirige o consorcio!

Lojistas credenciados no DETRAN-PE a mais de 06 (seis) anos, sem qualquer restrição ou advertência durante por todo período de credenciamento, e que não admitem as taxas exorbitantes e os arbitrários e ilegais procedimentos arbitrários, que ferem aos Princípios da Administração Publica, são descredenciados indiretamente (sumariamente), e tem seu recredenciamento deferido por meio de ordem judicial, sob pena de multa diária de R$ 7.000,00 (sete mil reais). Foram 02 (duas) liminares deferidas nos Mandados de Segurança nº 0000050-24.2013.8.17.0001/0000048-54.2013.8.17.0001, os Juízes ordenam o restabelecimento dos lojistas.

Se requer a ingerência do Ministério Publico do Estado, para apurar as irregularidades cometidas, principalmente que se descubra quem são, de onde vieram, e o grau de parentesco dos gestores do suposto consorcio com dirigentes do DETRAN-PE.

Com absoluta certeza o Governador do Estado de Pernambuco Dr. Eduardo Campos, assim como o Secretario das Cidades Dr. Danilo Cabral, não tem ciência de tais absurdos/abusos/arbitrariedades, momento em que se requer a imediata intervenção do Estado e Secretaria, no intuito de apurar os fatos e punir os responsáveis! Para o bem de Pernambuco. (Jr.Duarte)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...