_ _ _ _

domingo, 27 de janeiro de 2013

0 Dia Mundial de Combate à Hanseníase é neste domingo. Especialista alerta sobre a doença

+A +/- -A
O Dia Mundial de Combate à Hanseníase é neste domingo (27) e especialistas da doença alertam sobre o alto índice de casos em Pernambuco, que é o terceiro estado com mais detecção no Nordeste. A Região Metropolitana do Recife concentra 55% dos infectados.

"Não há prevenção. É uma doença contagiosa que normalmente infecta pela via respiratória. Uma pessoa que tem hanseníase pode passar os bacilos para outros simplesmente ao falar ou com um espirro. Também pode ser através de relações sexuais, leite materno, urina... Mas o mais comum é pelo ar," disse a dermatologista Matilde Carrera.

O sintomas são lesões na pela e nos nervos periféricos, principalmente nos olhos, mãos e pés. A sensibilidade térmica, dolorosa e tátil dos portadores da doença é afetada.

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o tratamento completo, incluindo o remédio. Segundo Carrera, assim que a pessoa é diagnosticada ela já começa o tratamento e não tem que ser isolada de seus familiares, pois após a primeira dose, o paciente já é bem menos contagioso.

O tratamento pode durar de seis meses a um ano, com pelo menos uma consulta sendo realizada todo mês, para avaliação constante do quadro. Caso não tratada, a hanseníase pode provocar incapacidades físicas. (NE10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...