_ _ _ _

sábado, 23 de fevereiro de 2013

0 Gil Rugai é condenado pela morte do pai e madrasta

+A +/- -A
Acusado de matar o pai e a madrasta a tiros no dia 28 de março de 2004, Gil Rugai foi condenado na tarde desta sexta-feira (22) a 33 anos e 9 meses de prisão em regime fechado pelo crime de duplo homicídio por motivo torpe. A sentença foi proferida pelo juiz no Fórum da Barra Funda, na zona oeste da cidade, depois de cinco dias de julgamento. O crime aconteceu em março de 2004, na casa onde o acusado e as vítimas moravam, em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo.

Dos sete jurados, quatro condenaram Gil Rugai e 1 o absolveu. O demais votos não foram divulgados porque neste ponto a maioria já tinha decidido pela condenação. Quando foi alcançada a maioria, o promotor deixou o tribunal chorando: “vencemos em tudo”, disse.

Para o advogado criminalista Alberto Zacharias Toron, que auxiliou os advogados de defesa, Gil Rugai já chegou ao julgamento condenado. “Foram nove anos com a imprensa afirmando que ele era culpado. Seria muito difícil reverter essa imagem em cinco dias. Mesmo assim, pelo trabalho da defesa, achava que ele seria absolvido.” (Agência Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...