_ _ _ _

sábado, 23 de fevereiro de 2013

0 Mais um artista popular de ST é reconhecido pela CMST

+A +/- -A
O maestro Antônio Nogueira, ou melhor, o “Sinhô Nogueira” como era mais conhecido, será homenageado dando o seu nome a uma das ruas do residencial Minha casa, Minha vida, às margens da BR-232 em Serra Talhada. A iniciativa partiu do vereador Nailson Gomes (PSC), que é neto do maestro e resolveu fazer o reconhecimento público. “Não o fiz por seu meu avô. Mas o maestro Nogueira faz parte da história cultural de Serra Talhada. Aliás, a história da música serratalhadense também passa pelo maestro que foi por muitos anos o regente da Filarmônica Vilabelense”, disse Nailson Gomes.

Seu Nogueira também marcou época como professor de disciplina do colégio Cornélio Soares, no centro de Serra Talhada, e tinha o hábito de tratar os alunos com a termo “sinhô” e “sinhá”. Entretanto, foi a música que projetou Antônio Nogueira para a região. “É necessário se fazer um resgate da história cultural da cidade, imortalizando os nossos ícones no meio popular. Esta foi a minha intenção”, revelou Nailson Gomes. Antes, o vereador Dedinha Inácio (PMDB) homenageou a maestrina Rosa Pau ferro com o nome de uma outra rua.

MEMÓRIA

Os nove músicos que você vê na fotografia acima fizeram parte da segunda formação do primeiro grupo de jazz de Serra Talhada, chamado de Serra Talhada Jazz Band, do início da década de 50. A primeira formação é da década de 40. Entre seus componentes, identificamos o ilustre maestro Antônio Nogueira (pai de Biu do Batukão), falecido recentemente. Ele é o primeiro da esquerda para a direita, atrás do policial. (Farol de Noticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...