_ _ _ _

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

0 Mulher acusada de bruxaria é queimada viva em Papua Nova Guiné

+A +/- -A
Uma mulher foi torturada e queimada viva na Papua Nova Guiné, um país da Oceania, depois de ser acusada de usar bruxaria para matar um menino, de acordo com informações da imprensa local.

Segundo o jornal The National, a mulher era Kepari Leniata, de 20 anos e mãe de um bebê.

O incidente ocorreu na região da cidade de Mount Hagen, na província das Highlands Ocidentais (centro do país). Os familiares do menino capturaram Kepari, arrancaram suas roupas, amarraram a mulher e jogaram gasolina em seu corpo.

Ela então foi incendiada em frente a centenas de pessoas. (BBC Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...