_ _ _ _

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

0 Quilombolas e mestres ganham certificados de “saber notório”

+A +/- -A
A Prefeitura Serra Talhada (PMST) começa a colocar em prática políticas de incentivo à promoção da igualdade racial na cidade. Durante a tarde e a noite desta quarta-feira (20), uma comissão de técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Igualdade Racial acompanhou o secretário executivo da Cepir (Coordenadoria Especial da Promoção da Igualdade Racial) e assessor do governador Eduardo Campos, professor Jorge Arruda, na missão de reconhecer e certificar pelo “saber notório” moradores de comunidades quilombolas e mestres babalorixás e yalorixás existentes no município.

Ao todo, foram entregues 18 certificados de reconhecimento emitidos com o aval do Governo do Estado. “Isso prova que cada pessoa homenageada possui um saber elevado sobre sua origem e raça. E que através desse poder têm contribuído com a sua comunidade”, comentou o coordenador municipal de Políticas Públicas para Comunidades Tradicionais, Diego Ferreira. O secretário responsável pela pasta da promoção racial no município, Euclidez Ferraz, agradeceu a passagem do professor Jorge Arruda na cidade. “Porque nos rendeu vários frutos”, resumiu.

Entre as demandas que serão planejadas pela prefeitura a partir de agora, com a garantia da parceria da Cepir, estão a criação da 1ª Caminhada de Terreiros de Serra Talhada, curso de formação junto às polícias Militar e Civil sobre racismo institucional, incentivo à criação de associações e redes de terreiros na cidade e Sertão do Pajeú, além de apoiar a fundação da União dos Negros de Serra Talhada.

As ações estão sendo traçadas pela Coordenadoria de Política Públicas para Comunidades Tradicionais junto com a Diretoria de Igualdade Racial, que tem à frente pesquisadora Elis Lopes. Serra Talhada possui atualmente mais de 800 adeptos de religiões de matrizes africanas. A comissão visitou a comunidade quilombola na região de Ponta da Serra, no distrito de Tauapiranga, e depois seguiu para o terreiro Toca de Oxossi, no bairro Mutirão. (Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...