_ _ _ _

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

0 Seca no sertão nordestino já matou 20% dos rebanhos

+A +/- -A
Em algumas regiões do sertão do nordeste não chove há mais de um ano. O prejuízo dos criadores de gado pode ser visto às margens das rodovias, onde há dezenas de carcaças de animais. Estima-se que das 30 milhões de cabeça de gado criadas em todo o nordeste, 6 milhões morreram, cerca de 20% do total.

Esta é a pior seca dos últimos 30 anos na região. Em Penaforte (CE), os poucos animais que resistiram estão magros e sem força. O secretário de Agricultura da cidade, Geová Júnior de Oliveira, explicou que, mesmo que chova, esses animais já não têm mais condições de pastar.

— A situação é ruim. O gado não tem mais força o suficiente para pastar. É assim também com a chuva: o terreno fica mole e impróprio pra o gado andar, porque ele está fraco e não tem mais como fazer grande deslocamento.
Oliveira ainda contou que muitos agricultores foram forçados a abater ou vender para outros estados antes da hora 6 milhões de cabeças de gado.

— Aqui o pessoal tem tradição do gado para o leite. O corte é muito pouco. As pessoas trabalham mais para a produção de leite, pra fazer queijo. Então elas têm mais paixão pra criar, mas não para essa venda pra abate. Não se faz essa prática.

Caminhões-pipa do governo percorrem as fazendas distribuindo água, mas só quem tiver cadastrado que pode receber.  Nem sempre a quantidade levada é suficiente para encher as cisternas.

Em outra região do sertão, a estiagem acabou com 80% da safra de feijão e 95% da plantação de milho. (R7)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...