_ _ _ _

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

0 Um novo Sport tenta a recuperação diante do Serra Talhada

+A +/- -A
A eliminação precoce da Copa do Nordeste, diante do Campinense, em casa, e a derrota para o Salgueiro, no último domingo, no Cornélio de Barros, pela segunda rodada do segundo turno do Pernambucano Coca-Cola acenderam o sinal de alerta na Ilha do Retiro. Tanto que o técnico Vadão fez mudanças radicais no time do Sport que vai enfrentar o Serra Talhada, nesta quarta-feira, às 20h, na Ilha.

Mesmo tendo perdido apenas uma vez na temporada e para um adversário que já tem a tradição de atrapalhar a vida dos grandes clubes da capital, quando joga em seu estádio, a pressão do Sport é grande.E para tentar mudar esse panorama, Vadão se viu obrigado a mexer a estretura da equipe. E quem dançou no time foi o veterano Cicinho, um xodó da torcida.

Nos últimos jogos, Cicinho não vem demonstrando o mesmo rendimento do ano passado. Assim, o técnico Vadão sacou o jogador e confirmou a presença de Moacir na lateral-direita. "A intenção é ter mais força na marcação", explicou o treinador. No meio, Hugo e Felipe Menezes estão fora. O treinador improvisou o atacante Marcos Aurélio no setor, abrindo vaga para Roger voltar ao time, após se recuperar de uma contusão. Quem também retorna é o volante Rithelly. Na lateral-esquerda, Renê ganha uma chance no time titular.

"A minha intenção com essas mudanças é a de provocar um critério de justiça. Se não está indo bem, temos que mudar, independente se é ou não medalhão", disse o treinador. Para Vadão, o que está gerando a intranquilidade no Sport foi a forma como time foi eliminado da Copa do Nordeste. As mudanças são uma tentativa para o Sport reagir. "Está parecendo que a gente está colocando os atletas no paredão para "fuzilarmos". Não é isso. Estamos procurando uma forma do time melhorar o seu desempenho", destacou.

A outra novidade também está no ataque. Gilsinho ganha uma nova chance. A última vez que esteve no time titular, o Sport venceu o Confiança, por 3x1, na COpa do Nordeste. De lá para cá, o jogador esteve esquecido pelo técnico. Na verdade, Vadão pensava em utilizar Sandrinho, mas o jogador foi vetado pelo departamento médico. Gilsinho espera agarrar bem a oportunidade. "Vou procurar fazer o meu melhor para ter uma sequência no time", declarou.
Enquanto isso, o Serra Talhada tem uma estreia, que vai ficar no banco de reservas. O técnico Pedro Manta assumiu o comando e promete uma equipe aguerrida dentro de campo para surpreender o Leão na sua toca.

Ficha técnica

Sport - Magrão, Moacir, Gabriel, Mateus e Renê; Fábio Bahia, Rithelly e Marcos Aurélio; Felipe Azevedo, Roger e Gilsinho. Técnico: Vadão.

Serra Talhada - Carlos; Baiano, Alex, Negretti e Ranieri; Enercino, Juninho, Kássio e Bebeto; Cristiano Sergipano e Junior Ferrim. Técnico: Pedro Manta.

Local: Ilha do Retiro.
Horário: 20h.
Árbitro: Sandro Meira Ricci. Assistentes: Albert Júnior e Bruno Alcântara.Ingressos: R$ 10 (Sócio e estudante), R$ 20 arquibancada, R$ 8 (arquibancada atrás do gol). (Blog Torcedor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...