_ _ _ _

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

0 Xuxa vence na Justiça e impede distribuidora de comercializar o filme Amor, Estranho Amor

+A +/- -A


Xuxa venceu, nesta terça-feira (5), a ação na Justiça para proibir a divulgação e comercialização do filme “Amor, Estranho Amor”, de 1982, onde aparece em cenas sensuais com um garoto de 12 anos.

O desembargador Claudio de Mello Tavares, da 11ª Câmara Cível do TJRJ, negou o recurso da distribuidora Cinearte Produções. A empresa pretendia relançar a produção, alegando que o contrato de cessão dos direitos com a “Rainha dos Baixinhos” expirou em 2009. Porém, a Xuxa Produções Artísticas garantiu ter feito depósitos extrajudiciais.

O magistrado explicou as razões para sua decisão a favor de Xuxa. “Não se pode afastar o argumento da autora/apelada de que caberia à cedente (ré/apelante) informar os dados do valor referente às prorrogações e, como isso não foi feito, não há que se falar em expiração do prazo para se efetivar a prorrogação em questão.”

A Cinearte recebe US$ 60 mil [cerca de R$ 120 mil] por ano para não comercializar “Amor, Estranho Amor”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...