_ _ _ _

domingo, 10 de março de 2013

0 Prefeitura de Serra Talhada quer retirar catadores de lixão para fortalecer coleta seletiva na cidade

+A +/- -A


 O secretário de Meio Ambiente e Igualdade Racial do município, Euclides Ferraz, visitou, por duas vezes - na última quarta (6) e sexta-feira (8), o lixão de Serra Talhada, localizado às margens da PE 365, que liga Serra ao município de Triunfo. Com ajuda de uma equipe de técnicos, Ferraz realizou um amplo mapeamento socioeconômico do local. Foram cadastradas cerca de 50 pessoas que sobrevivem do lixo naquela região. Todas deverão, após proposta do secretário, se integrar à Coopecamarest (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Serra Talhada).

Atualmente, a Coopecamarest possui 23 integrantes – todos ex-catadores de lixo – que trabalham há dois anos promovendo coleta seletiva na cidade com o apoio do Itep (Instituto de Tecnologia de Pernambuco), e governos municipal e estadual, através do proprama Recicla Pernambuco. “Promovemos uma reunião no local e demos a sugestão deles se integrarem ao projeto de reciclagem. Todos ficaram empolgados com a ideia e sugeriram até a mudança de nome do grupo para Cooperativa Cidade Limpa”, relatou Euclidez Ferraz, com satisfação.

Após realizar diagnóstico socioeconômico do local, “para sabermos a realidade de cada um”, conta o secretário, a ideia é acionar as secretarias de Desenvolvimento Social e Serviços Públicos. “Para que a gente possa definir que tipo de política a gente irá adotar para as famílias que ainda moram naquele lixão”, disse Ferraz. Segundo ele, numa parceria com o Governo do Estado, Serra Talhada deve receber, em breve, R$ 250 mil para aquisição das chamadas “recicletas”, bicicletas equipadas para ajudar os catadores do município no trabalho da coleta seletiva.

Recentemente, a PMST cedeu o terreno para que a Coopecamarest pudesse instalar sua base de reciclagem. Além de uma prensa hidráulica para compactar o material recolhido, grades de separação de resíduos, toldos, e um motorista para atuar, exclusivamente, no transporte dos materiais recicláveis. “Estamos nos preparando para atender a determinação de acabar com todos os lixões até o ano que vem, e começamos a pensar no futuro das pessoas que vivem disso”, comentou o secretário Euclidez Ferraz.

As prefeituras têm até agosto de 2014 para acabar com todos os seus lixões conforme a Lei 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. (Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...