_ _ _ _

quarta-feira, 3 de abril de 2013

0 Líder da oposição diz que presidente do Instituto de Previdência Própria de Serra Talhada deu um "show" de insubordinação e subserviência

+A +/- -A


O líder da oposição em Serra Talhada, vereador Gilson Pereira (PSB) questionou hoje na Rádio A Voz do sertão AM o destino dos mais de R$ 4 milhões não repassados à previdência pelo ex-prefeito Carlo Evandro (PSD).
 “Recolheram o dinheiro do aposentado e do servidor (por 13 meses) e não disseram pra onde foi mais de 4 R$ milhões.  Jânio (Carvalho, presidente do Instituto de Previdência Própria de Serra Talhada) disse que não se denuncia quando ocupa um cargo de confiança, ora, ele deu um show de insubordinação e subserviência”, disparou.

Pereira deu uma indireta a imprensa virtual do município após divulgar que gestor do IPPST acabou dando um “show” na sabatina realizada nesta segunda-feira (1), na Câmara Municipal de Serra Talhada. “Vossa Excelência está sendo condenado por inércia. Lei é lei e o senhor prevaricou quando não denunciou o ex-prefeito Carlos Evandro”, disse o líder oposicionista na ocasião. (Luiz Carlos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...